;
Atendimento via chat
Atendimento via chat
Teclas de Acesso:
1
Conteúdo
2
Menu
3
Busca
4
Rodapé
Acessibilidade:
Notícias

Pedagogia UBM realiza seminário sobre relações étnico-raciais

03.dez.2018

Na foto, estão reunidos alunos de Pedagogia, professora Marlene e convidados para o evento.
Na noite da última sexta-feira (30), a turma do 6º período de Pedagogia abriu um espaço de conversa sobre o tema “O lugar de fala da mulher negra e feminista na literatura brasileira”, com a presença de Ana Cruz. O evento foi a culminância dos conteúdos propostos pela disciplina de Seminário de Diversidade, ministrada pela professora Marlene Fernandes.

“Eu acho que as vidas se impactam à medida que temos encontros positivos. Eu quero muito que meu trabalho como escritora mobilize as pessoas em seus afetos, na sua capacidade revolucionária e de transformação do mundo, que é um pouco o papel da educação”, explicou Ana. Além de escritora, a convidada é comunicóloga, ativista do Movimento Feminista Negro, Compositora e Pesquisadora em Assuntos Afro-brasileiros Ana Cruz.

Organizado pela turma de Pedagogia, o seminário colocou em pauta questões como a influência da noção de cultura e da representatividade dos grupos no ensino, principalmente quando trabalhada em vários momentos durante a vida em comunidade e na escola. “O projeto foi também uma maneira entendermos qual é o nosso lugar e papal de fala, porque sabemos que temos voz e vez, mas quando e como usar?”, disse Andressa Matheus, estudante do 6º período do curso.

Para falar do papel educativo da literatura, Ana citou ainda Paulo Freire e sua famosa frase “A educação não transforma o mundo. Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo” para ressaltar a importância de se falar pra essa turma, que vai ser educadora. “Nós precisamos de educadores conscientes”, pontua a escritora.
Voltar