;
Atendimento via chat
Atendimento via chat
Teclas de Acesso:
1
Conteúdo
2
Menu
3
Busca
4
Rodapé
Acessibilidade:
Notícias

UBM promove I Seminário de Pesquisa e Iniciação Científica

31.out.2018

Na foto, alunas de Psicologia apresentam seu trabalho no I Seminário de Pesquisa e Iniciação Científica do UBM
O UBM — Centro Universitário de Barra Mansa — realizou nos dias 29 e 30 (segunda e terça), o I Seminário de Pesquisa e Iniciação Científica. O evento aconteceu nas dependências dos campi Cicuta e Barra Mansa e envolveu acadêmicos de vários cursos da instituição.
 
De acordo com a organização, o seminário visa à integração do ensino, pesquisa e extensão dos cursos de graduação e núcleos de pesquisa, incentivando discussões e a reflexão crítica da comunidade acadêmica interna e abrindo, assim, espaço para a publicação das pesquisas realizadas no UBM.
 
“Uma instituição de ensino precisa ter iniciação científica e pesquisa e o seminário dá asas e pernas para estes trabalhos que os alunos já produzem e que muitas vezes ficam no interior dos cursos não tendo nenhum tipo de visibilidade. Eu creio que toda instituição tem obrigação de abrir espaço para que os alunos se coloquem, porque a pesquisa faz parte da formação e, sem pesquisa, ninguém chega a lugar nenhum”, comentou a prof. Rosa Maria Maia Gouvêa Esteves que faz parte da comissão organizadora do evento.
 
O egresso do curso de Letras, João Fabrício Fragoso Junior, foi um dos convidados do seminário. Na oportunidade, ele falou com os alunos sobre sua experiência e carreira profissional.
 
“Hoje faço mestrado na área de Administração e o que eu contei para eles foi justamente essa transição de carreira que tive. Consegui essa mudança através do curso de Letras, principalmente o inglês que me abriu portas para entrar no mercado de trabalho. Também quis compartilhar com o pessoal que você deve sempre buscar temas nos quais você se identifique, porque é através disso que é possível se encontrar dentro da sua pesquisa”, contou.
 
Já a estudante do 10º período de Direito do campus Cicuta, Júlia Magalhães, ressaltou a importância deste evento para a vida acadêmica.
 
“É importante a instituição promover eventos como este, porque estimula o aluno a desenvolver técnicas e aprimorar seu conhecimento em outras áreas também. Então, as pessoas que apresentam vão desenvolver esse lado da pesquisa para poder aprimorar o seu próprio conhecimento e as pessoas que assistem conseguem aumentar o campo do conhecimento já que são diversos temas discutidos”, falou.
 
Nos dois dias, alunos conferiram apresentações orais de artigos científicos de egressos e estudantes, sessão de pôsteres, relatos de experiências, vídeos, além de sessão de atividades culturais.
Voltar