;
Atendimento via chat
Atendimento via chat
Teclas de Acesso:
1
Conteúdo
2
Menu
3
Busca
4
Rodapé
Acessibilidade:
Notícias

Seminário Jurídico discute 30 anos da Constituição

18.set.2018

Na imagem, os componentes da mesa durante a abertura do Seminário Jurídico, no Cine 9 de Abril, em Volta Redonda.
No último final de semana, Volta Redonda recebeu o Seminário Jurídico, organizado pelo Instituto de Liberdades Públicas e Ensino Jurídico Paulo Rangel – ILPEJPAR, com apoio do UBM – Centro Universitário de Barra Mansa – e demais instituições de ensino e de órgãos advocacia da região. O evento contou com uma programação completa de dois dias de palestras com autoridades do Judiciário, Exército Brasileiro, da Polícia Federal e do Ministério Público da União em volta do tema “Os 30 Anos da Constituição”.
 
Foram colocados em pauta cenários atuais da sociedade, que implicaram falar de segurança pública, atuação em órgãos – como a Polícia Militar, Civil ou Federal –, intervenção federal, eleições, crimes sociais, entre outros.
 
À frente da coordenação acadêmica do evento, o Desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ/RJ), Dr. Paulo Rangel, ressaltou a relevância de se tratar tal tema em um meio de futuros e atuais atuantes na área jurídica. “O profissional do Direito é como um arquiteto social, aquele que projeta a defesa dos direitos das pessoas. Reunimos aqui assuntos para esclarecimento da sociedade acerca do que está acontecendo no Brasil, não só politicamente, mas do ponto de vista social, pois, se ele estiver despreparado e desinformado, não tem como fazer essa defesa”, explicou.
 
Segundo o desembargador, a escolha do tema foi devido aos 30 anos que completará a Constituição Federal, no próximo dia 05 de outubro. “A sociedade brasileira, em geral, deve fazer uma reflexão sobre o que nós fizemos nos últimos 30 anos, com uma Constituição tão democrática, o que deixamos de fazer e o que faremos. Qual nosso maior desafio?”, questionou.
Voltar