;
Atendimento via chat
Atendimento via chat
Teclas de Acesso:
1
Conteúdo
2
Menu
3
Busca
4
Rodapé
Acessibilidade:
Notícias

Centro Universitário chama atenção para doação de corpos para estudo

23.jul.2018

Na imagem, uma estudante no laboratório estuda alguns órgãos em um modelo artificial de corpo humano.
Doar o próprio corpo ou o corpo de algum familiar, mesmo que para fins de pesquisa, não é um pensamento recorrente na vida das pessoas. No entanto, essa doação é de grande valor e necessidade para as instituições de ensino. O estudo prático na área da Anatomia é imprescindível para uma formação de qualidade, que irá levar bons profissionais para a sociedade.
 
A coordenadora dos Laboratórios Multidisciplinares do UBM – Centro Universitário de Barra Mansa –, Elaine Sanches, explica que para o aprimoramento teórico é imprescindível que o estudante tenha a vivência da prática. “Os modelos artificiais são uma forma de complementar o estudo, mas não substituem a estrutura detalhada encontrada nos cadáveres”, afirma.
 
Ela enfatiza também a dificuldade em conseguir esse tipo de doação e a urgência que a instituição tem. “Só esse semestre nós recebemos quase 4 mil alunos para o estudo prático. Além do aprendizado na disciplina, essa experiência ajuda os estudantes a trabalharem o respeito à vida e seu lado humanístico, mostrando que é uma prática exitosa para o mundo no trabalho”.
 
Como é feita a doação?
 
Após tomar a decisão, a pessoa interessada em fazer a doação deve procurar o cartório de sua cidade para fazer uma declaração denominada Termo de intenção ou Escritura Pública, para formalizará a intenção. Essa declaração pode ser feita por qualquer pessoa após os 18 anos de idade.
 
Familiares também podem doar seus entes falecidos e, nesse caso, não há muitas contraindicações para a doação, mas, recomenda-se que a morte do doador tenha sido de causa natural. Caso a morte tenha sido causada por acidentes graves, doenças ou outras situações extremas, o corpo deve ser encaminhado para o IML para a avaliação. Além dos corpos, órgãos também podem ser doados para estudo.
Voltar