Teclas de Acesso:
1
Conteúdo
2
Menu
3
Busca
4
Rodapé
Acessibilidade:
Notícias

Conciliando terapia e esporte

25.jan.2018

O fisioterapeuta atua junto às equipes antes, durante e após as partidas
A Fisioterapia estuda, sobretudo, o movimento humano, avaliando, prevenindo e tratando seus distúrbios e efeitos. Porém, ela não se faz necessária apenas em procedimentos de reabilitação, mas também na prevenção. No caso dos esportes, a área está presente em tempo integral na vida dos atletas e tem conquistado atuais e futuros fisioterapeutas.
 
A Fisioterapia Desportiva é uma especialidade focada na prevenção e recuperação de acidentes e lesões comuns na prática esportiva. Geralmente, são esses os profissionais que acompanham os atletas durante as competições, para que eles sejam reintegrados à equipe o mais rápido possível.
 
Segundo a professora Sandra São Thiago, do curso de Fisioterapia do UBM - Centro Universitário de Barra Mansa -, “é fundamental que o fisioterapeuta tenha conhecimento e aptidão suficientes para realizar esta tarefa com maestria, pois grande parte da recuperação do atleta depende dele. Além disso, o fisioterapeuta pode atuar no esporte paralímpico, preparando e reabilitando os atletas com deficiência para a prática do esporte nas modalidades de suas escolhas”.
 
O fisioterapeuta pode também realizar o trabalho de prevenção com os atletas, ou seja, um acompanhamento para manter os sistemas músculo-esquelético e cardio-vascular em ótimas condições, prevenindo lesões.
 
Ela conta que é fundamental que o profissional que atua nessa área tenha conhecimentos mais aprofundados em fisiologia do exercício e biomecânica, como também em traumato-ortopedia. Por isso, para além da graduação, existem diversas especializações diretamente voltadas para a área desportiva, como Fisioterapia Desportiva e Traumato-ortopedia e Fisioterapia Desportiva.
 
Para os que sonham com a carreira de Fisioterapia, o vestibular UBM 2018.1 já está aberto. O curso tem a duração de 5 anos e conta com laboratórios próprios para aulas práticas e estudos específicos. Mais informações no site web.ubm.br ou pelo telefone (24) 3325-0247.
Voltar