Teclas de Acesso:
1
Conteúdo
2
Menu
3
Busca
4
Rodapé
Acessibilidade:
Notícias

Zoonoses: Identificando esses perigos

12.jul.2017

O médico veterinário exerce um papel importante na saúde pública em várias áreas de atuação, entre elas, destaca-se uma que vem ganhando interesse geral, pois aborda a íntima relação entre o homem e os animais: a zoonose.
 
Zoonoses são enfermidades dos animais que podem atingir o homem por várias formas de transmissão. E, devido a grande e íntima interação entre os seres humanos e os animais de estimação, como os cães e gatos, as doenças que podem acometer esses bichinhos merecem um grande destaque.
 
A veterinária e coordenadora do curso de Medicina Veterinária do UBM  — Centro Universitário de Barra Mansa —, Simone Pontes Xavier Salles, destaca a importância de sempre estar em contato com o profissional da área para manter tanto a saúde do animal em dia, quanto a do próprio dono.
 
“O animal deve ser sempre avaliado pelo médico veterinário independentemente de manifestação clínica. A vacinação e vermifugação são de fundamental importância não só para o animal, mas para a saúde do homem, já que, na busca pela preservação da saúde e bem estar dentro do ambiente residencial, é importante prestar atenção às condições de saúde dos animais que convivem conosco, pois, de maneira geral, nossa saúde está ligada a dele”, ressaltou.
 
Segundo ela, dentre as zoonoses mais comuns, podem ser citadas: raiva, brucelose, leptospirose, tuberculose, esporotricose , doença de Lyme, entre outras. Com o mercado de trabalho exigindo cada vez mais profissionais qualificados para tratar dessas enfermidades e de outras que são importantes para a saúde do animal, o UBM abre no segundo semestre de 2017, o curso de Medicina Veterinária. Para os interessados, basta acessar o site (www.ubm.br) e se inscrever no vestibular.
 
“Sentimos a necessidade de ofertar o curso, devido a grande procura nos últimos semestres. A graduação em Medicina Veterinária disponibiliza aos acadêmicos conhecimentos práticos e teóricos, com objetivo de formar profissionais aptos e comprometidos com a saúde, ética e bem-estar animal”, afirmou Simone Salles.
 
Voltar