Teclas de Acesso:
1
Conteúdo
2
Menu
3
Busca
4
Rodapé
Acessibilidade:
Notícias

Encontro sobre Logística aborda transporte rodoviário

03.mai.2017

Na noite da última terça-feira (2), o UBM - Centro Universitário de Barra Mansa - recebeu o instrutor do Sest Senat, Marcelo Marcelino de Melo, para o Encontro de Logística, no Salão Nobre Prof. Jayme Dantas, no campus Barra Mansa. O evento reuniu professores, estudantes e profissionais da área para uma discussão em torno do tema “Conhecendo o transporte rodoviário de cargas”.
 
Ao falar desse assunto, que é de grande importância para os estudantes de Logística, assim como para todo profissional do transporte, é necessário destacar também as normas segurança no transporte, sinalização e infraestrutura do Brasil. Segundo Marcelo, um dos pontos fortes e que todo profissional deve conhecer é a legislação pertinente, principalmente os tipos de cargas - vivas, indivisíveis, perigosas, excepcionais, a granel: “O intuito é passar esses conhecimentos para que os futuros profissionais já estejam por dentro das normas brasileiras regulamentadoras do transporte, das atualizações da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), das resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e das exigências referentes ao transporte de produtos e de cargas nas rodovias”, comentou o instrutor.
 
Mais que compartilhar conhecimento específico de uma determinada área de estudo, a palestra reafirmou a necessidade que tem o mercado em relação a profissionais bem capacitados. Ao investir em especializações, além da formação básica, as empresas ganham mais qualidade no trabalho, maior produtividade com menor custo, evitando um possível retrabalho e problemas como veículos retidos na via por falta de treinamento, documento ou de uma simbologia na carga, por exemplo, o que pode acarretar em multas, atraso na entrega e a insatisfação do cliente.
 
Ainda de acordo com Marcelo, as expectativas para este mercado não estão pequenas e serão mantidas, o que fortalece a demanda por profissionais com boa instrução na área:“Dificilmente vamos enfrentar uma baixa, porque, apesar da crise, existe a necessidade das mercadorias se locomoverem e movimentarem economia do país, ainda mais que hoje 62% do transporte rodoviário no país é feito pelo modal rodoviário”, enfatizou.
Voltar