;
Atendimento via chat
Atendimento via chat
Teclas de Acesso:
1
Conteúdo
2
Menu
3
Busca
4
Rodapé
Acessibilidade:
Notícias

Inscrições para o Programa Institucional de apoio à Pesquisa (PIAP) são prorrogadas

09.fev.2017

As inscrições para o Programa Institucional de Apoio à Pesquisa (PIAP) do UBM – Centro Universitário de Barra Mansa – foram prorrogadas até 14 de fevereiro. O PIAP é voltado para alunos e professores da instituição e está dividido em duas modalidades: Programa de Fomento à Pesquisa Docente e Discente (PPDD) e Programa Institucional de Bolsa (PIC).

O PPDD atende alunos e professores que realizam trabalhos científicos nos núcleos de pesquisas do UBM nas áreas da Saúde, das Engenharias e do Direito. Nessa modalidade, são oferecidas 10 bolsas para professores e 30 bolsas para alunos com vigência em 2017.  Já para o PIC, são oferecidas 10 bolsas para professores dos cursos que ainda não estejam organizados em núcleos de pesquisa.

“Participar de trabalhos de pesquisa é uma escolha que pode resultar numa descoberta dos alunos para as práticas de cunho cientifico, assim como impulsioná-los a ingressar num projeto para o mestrado, posteriormente. Além desses pontos, a atividade científica também pode se tornar um diferencial para os alunos que chegam ao mercado de trabalho, com outros saberes necessários a sua profissão”, comentou a Coordenadora Pesquisa, professora Rosa Maria Maia Gouvêa Esteves.

Os editais e os formulários necessários para a realização das inscrições estão disponíveis no site do UBM. Os interessados devem acessar e, após o preenchimento, encaminhar para a secretaria da Coordenação de Pesquisa.

No ano passado, as pesquisas realizadas pelos núcleos culminaram em 15 artigos científicos e 18 resumos expandidos que foram apresentados em congressos e jornadas científicas. Além dessas apresentações externas, os trabalhos também foram expostos nos Fóruns de Pesquisa e Iniciação Científica realizados pelo UBM. “O Fórum foi pensado justamente para a comunidade acadêmica fazer o acompanhamento dos trabalhos que estão em andamento na instituição”, comentou Rosa.

Quatro artigos também foram produzidos pelos cursos de Música, Jornalismo e Biologia sob orientação de professores bolsistas do PIC. “Recebi o resultado de 2016 de forma muito positiva, porque demos um passo muito significativo no que diz respeito à pesquisa científica”, considerou.

Voltar